26 de mar de 2012

Bom hálito, bons hábitos! Como escovar a língua???? A gente dá dicas!!!



Existem diferentes tipos de escovas, raspadores ou limpadores linguais disponíveis especificamente para essa higienização.
No entanto, vale ressaltar que a higienização correta não depende do tipo de material que você utiliza e sim de como você realiza a sua higiene, isso é o mais importante!

Para saber se está fazendo uma higiene ideal, além de observar a saburra lingual e a sujeira entre e sobre os dentes, é fundamental ir ao Dentista, mostrar como realiza sua higiene e ele orientará cada um à sua realidade e capacidade.


Para uma higienização ideal primeiro deve-se prestar atenção ao aspecto da língua, se está esbranquiçada, amarelada, se há presença da saburra lingual... 
Você vai escolher se prefere a escova de dentes, o limpador ou raspador de língua, a escova dental com dispositivo limpador de língua acoplado ou a escova lingual.
A medida que seus reflexos permitam, acostume-se a colocar a escova de língua mais para o fundo da boca, permitindo uma limpeza mais eficiente da parte posterior da língua.
 
E então, pode começar!


# Higienização Lingual com a ESCOVA DE DENTES:
1. Coloque a língua para fora e observe-a.
2. A partir daí, escove suavemente da parte de trás para a frente, "varrendo" a língua. Deve-se cuspir a sujeira que solta com a escovação e repetir algumas vezes, notando-se uma cor mais rósea.     
Dica da gente: Caso use limpador de língua, faça essa escovação entes de passar o limpador.

3. Após, escovam-se suavemente as bordas da língua, também da parte de trás para a frente, aproveite e passe a escova com cuidado nas bochechas. E também deve-se cuspir a sujeira que solta com a escovação e repetir algumas vezes.     


# Higienização Lingual com LIMPADOR/ RASPADOR LINGUAL:
O limpador/raspador de língua é de fácil utilização e rápido.
1. Após passar a escova no dorso e laterais da língua...
2. Raspe suavemente toda a superfície da língua, com movimentos de trás para a frente, sempre lavando a sujeira que é removida.
Aspecto antes da higiene
Higiene com Limpador
















Lave o seu limpador com a água e sabão antes e depois de usá-lo.
P.S: Os limpadores de língua vêm com instruções nas embalagens de como devem ser usados. Leia e siga corretamente.


Exemplos de Limpadores/Raspadores Linguais:
# Higienização Lingual com a Escova Dental com DISPOSITIVO LIMPADOR DE LÍNGUA ACOPLADO:
1. Coloque a língua para fora e observe-a.
2. Passe a escova no dorso e laterais da língua...
3. Raspe suavemente toda a superfície da língua, com movimentos de trás para a frente, sempre lavando a sujeira que é removida.
        
Exemplos de Limpadores/Raspadores Linguais acoplados à Escova de Dentes:
# Higienização Lingual com a ESCOVA LINGUAL:

1. Coloque a língua para fora e observe-a.
2. A partir daí, escove a língua com as cerdas suavemente da parte de trás para a frente, "varrendo" a língua. Deve-se cuspir a sujeira que solta com a escovação e repetir algumas vezes, notando-se uma cor mais rósea.
 3. Passe o raspador suavemente com movimentos também do fundo para a frente para remover os resíduos. Enxague a escova sempre que remover os resíduos e após a escovação com água e sabão.


Para uma melhor higienização da língua, existe o gel lingual que contém cloreto de zinco, que neutraliza o mau hálito. "A pasta de dente pode deixar uma película residual na língua. O gel, pela sua viscosidade, limpa a língua toda sem deixar resíduos. Além do gel, pode-se encontrar sprays com cloreto de zinco.
 
Exemplos de Escovas Linguais: 



Só para lembrar...
Bebês e crianças também limpam a língua!

Os bebês (mesmo sem dentes- procure o odontopediatra para orientação) e as crianças também devem higienizar a boca, escovar os dentes (quando nascem) e a língua, usar o fio dental, mesmo antes de adquirir a coordenação motora necessária. E para isso, os pais e responsáveis devem entrar em ação!


Indicamos aqui que os pais/responsáveis aproveitem esse momento para estimular a escovação diária dos seus filhos. Recomendamos que façam a sua higiene bucal junto com as crianças, compartilhem a experiência e torne-a um hábito.


A higienização da língua do bebê e da criança até 7 anos precisa ser realizada por um adulto!


Após a higiene pelo adulto, deve-se entregar a escova, limpador, raspador, mordedor... para a criança (a partir de 8 meses) "repetir" os movimentos incentivando o aprendizado e estimulando o hábito.


Muita Atenção:
A higiene bucal precisa ser suave, mas eficiente, pois a mucosa oral é sensível e pode machucar facilmente com uma escovação mais forte, ou com as lâminas que existem em alguns limpadores de língua (mais um motivo para procurar o seu dentista e demonstrar a forma como higieniza sua boca).
Alguns pacientes machucam a língua, formando úlceras, aftas e lesões papilares durante a escovação, o que pode evoluir a úlceras mais graves...

Dentes & Companhia - Promoção de Saúde.
Av. Anita Garibaldi, nº1815, Centro Médico e Empresarial, Bloco B, Térreo 01, Loja 05. Ondina. Tel:(71) 3245 8673 begin_of_the_skype_highlighting            (71) 3245 8673      end_of_the_skype_highlighting 

Bom Hálito... Bons Hábitos!!!!

Você quer ter um bom hálito???
(Veja também nosso post "Halitose"  de 10/06/2011)


E mais uma vez falaremos do "Bafo de Leão"...








No entanto, neste post nos concentraremos na LÍNGUA!
Como já foi dito no post sobre"Halitose" há diversas causas (mais de 60...) para o mau hálito.
MAS (sempre tem um mas- e vocês já sabem!) a presença de sujeira (placa) na boca, língua e saburra (aquela placa branca, difícil de sair, grudada na língua) é a principal causa do mau hálito.
Segundo pesquisas mais recentes da American Dental Association- ADAa placa bacteriana lingual corresponde à 95% das causas da halitose. E vale ressaltar que a halitose, a maioria das vezes, tem mais de uma causa.


A falta da limpeza correta da língua (exatamente igual à falta de limpeza dos dentes) sobrepõem camadas de bactérias, formando a placa bacteriana, que vai acumulando, acumulando, acumulando... e formando a famosa SABURRA lingual.
Atenção... a formação da saburra, tanto pode estar associada ao fluxo salivar diminuído ou a alterações sistêmicas no organismo, como pode provocá-los...
As Bactérias Anaeróbias presentes na placa lingual, na saburra e na boca toda... se alimentam de proteínas existentes na língua e nos sulcos gengivais, após "a digestão"- que chamamos de proteólise, as bactérias liberam componentes voláteis de enxofre (Sulfidretos e Mercaptanas), o que origina o mau hálito (tudo bem explicadinho no post "Halitose"). 
Essas bactérias sobre a língua se proliferam rapidamente e, caso não sejam removidas corretamente, podem contaminar gengiva, garganta, faringe, laringe, esôfago, pulmão, estômago, dentre outros e provocarem doenças como a gengivite, periodontite, amigdalites, doenças pulmonares, gastrites... e a HALITOSE.


P.S: A língua saburrosa pode acontecer também quando não mastigamos direito; o que ocorre frequentemente em episódios de febres e gripes (são algumas das alterações sistêmicas)...


P.S. 2: Deve-se ter uma atenção especial com os pacientes idosos, crianças, além dos pacientes portadores de necessidades especiais e os acamados. As crianças e os idosos não têm a coordenação motora ideal, e os acamados e portadores de necessidades especiais estão com a imunidade alterada, o que facilita o acúmulo de bactérias podendo causar pneumonias e gastrites severas.


# Ou seja #
Preste mais atenção na sua escovação e lembre-se de limpar a língua, ela pode ser a causa do seu Bafo de Leão!
Escovar a língua é importante para evitar doenças, além de promover a saúde!
Língua limpa (cor e aspecto ideais)
Língua Saburrosa (Grau 4)
Língua Saburrosa (Grau 5)

Além de escovar os dentes e usar o fio dental todos os dias, deve-se higienizar a língua.
A placa bacteriana dental e periodontal são mais fáceis de serem removidas em relação a placa lingual.

Isso acontece justamente pela superfície da língua possuir diversas protuberâncias e sulcos. 


Visão microscópica  do dorso lingual.


Visão Macroscópica da Superfície Lingual















E como você vai escovar/ limpar a língua?????
Tem um post especial para você aprender!!!!

24 de mar de 2012

Beber água ajuda a prevenir Cáries????

Sim Sim Sim

Água é uma delícia!
A água, no meio bucal, aumenta a produção da nossa saliva...
...E a saliva tem função protetora de várias formas para a Cavidade Bucal. Ela diminui a acidez bucal (o que evita a colonização da boca por microrganismos patogênicos e a desmineralização do dente), mantem úmidas a mucosa e as superfícies dos dentes protegendo-os e prevenindo cáries. Além disso, a sua consistência fluida também provê uma ação de lavagem mecânica, atingindo bactérias não-aderentes e debris celulares da boca. As proteínas da saliva que se ligam ao cálcio ajudam a formar uma película que se comporta como uma membrana protetora. 
Só proteção e defesa!!!
A água potável também contém fluoretos naturais, além de aditivos de flúor artificias.
No Brasil, a fluoretação da água passou a ser obrigatória, por lei federal, desde 1975.
Mais um contribuinte para a prevenção das cáries....
                           
O Flúor adicionado à água é absorvido pelo organismo e exerce efeito preventivo local, tanto por passar pela cavidade bucal no momento da ingestão da água quanto pela presença do flúor na saliva. A saliva contendo flúor adquire um poder bacteriostático maior, impede parcialmente a multiplicação de microrganismos, protegendo ainda mais os dentes contra as cáries.
Procure saber se na sua cidade a água é tratada com flúor, e qual o valor de aditivo, leia os rótulos das águas prestando atenção à sua adição. 


A água com mais de 1,5ppm deve ser tratada com adsorção, floculação, destilação ou osmose reversa.













Vamos beber muita água e prevenir a cárie!!!!


ALERTA: Não tome flúor sem o acompanhamento do seu DENTISTA ou do seu médico. Flúor em excesso é prejudicial ao corpo (é depressor do Sistema Nervoso Central, causa problemas neurológicos, ósseo, gástrico, FLUOROSE DENTÁRIA e óssea, intoxicações...)


Para saber mais sobre os efeitos do consumo excessivo do flúor vá em "Para Saber Um Pouco Mais" no lado direito do nosso blog e clique na página "Efeitos do consumo de compostos de flúor por dia!" 

21 de mar de 2012

Para ver se temos caries


A cárie é um buraquinho preto no dente, certo?

Mais ou menos...
O buraquinho preto já é uma CÁRIE num estágio mais avançado!
Vamos ficar atentos aos sinais dos nossos dentes também!

A cárie é uma destruição dos tecidos dentários que pode acontecer desde a infância- quando chamamos de Cárie de Acometimento Precoce, até a Velhice - que é a Cárie Senil. 
Ela tem a sua maior incidência na Adolescência, justamente a fase em que menos se escovam os dentes. 
Um descuido na higienização provoca a formação da Placa Bacteriana, que interfere no processo de desmineralização do dente.
 
As bactérias que formam a Placa atacam o esmalte desmineralizado-o, como demonstrado acima. E se não há a higienização correta as bactérias "comem" o dente!

 
 
Esse início de desmineralização é a Cárie Incipiente ou Cárie Inicial, ocorre a alteração da cutícula do esmalte devido à penetração bacteriana, forma uma mancha branco-opaca (normalmente em forma de meia -Lua, no colo do dente, e dá para a gente visualizar pelo espelho).
Se não cuidamos nesse estágio, as bactérias vão penetrando no esmalte do dente, formando cavitações, e a cor passa de branco-opaco para castanho claro (já será necessário realizar a restauração do dente). 

*Atentar para os tipos diferentes de Manchas Brancas existentes nos dentes; como hipoplasia e fluorose!

Exemplos de Lesões Iniciais de Cárie:
 





 Ao higienizar a boca, olhe-se no espelho, observe os seus dentes, as sua bochechas, a gengiva. Preste atenção ao aspecto, coloração, formato de todas as estruturas. Observe o que está diferente, o que está igual, o que merece mais atenção!

Para saber se há Cáries Novas realmente DEVE-SE ir ao Dentista regularmente. Pergunte-o sobre a sua saúde bucal e conte-o o que notou. Ele terá o maior prazer em tirar as suas dúvidas e ficará mais fácil para identificar qualquer alteração.
As cáries serão identificadas e tratadas nesta fase inicial, estabelecendo menor necessidade de remoção das estruturas dos dentes, preservando-os mais, além de determinar um menor custo para o tratamento.
As chances de algum dia perdermos um ou mais dentes por terem cáries diminuem consideravelmente . Chegaremos à velhice com TODOS os DENTES, e cheios de saúde.
Melhor prevenir sempre!

"O Dentista mais indicado para avaliar novas cáries é o SEU dentista de sempre, inclusive pelo fato de conhecendo onde costumam surgir suas cáries, pelas sua dificuldades de higienização, tem a vantagem de ir direto aos pontos críticos e por ter mais condições de lhe orientar quais as regiões não higienizadas de acordo, onde podem surgir novas cáries!"

Fonte: Ribeiro Al-, 100 motivos para ir ao Dentista, Odontex
Imagens: sites http://forum.darkside.com.br e http://odontologiatakehara.wordpress    

Sintomas do corpo

Preste atenção nos sinais que o seu corpo dá!

Veja o seu...
SINTOMAS QUE REVELAM O QUE ESTÁ FALTANDO EM NÓS!!!
Veja que interessante... A partir de certa idade, temos quase todos esses sintomas, provocados pela falta dos alimentos aqui mencionados. Vamos lá?

1. DIFICULDADE DE PERDER PESO
O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina.
ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão - além de suplementos específicos.


2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS
O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.
ONDE OBTER: água de coco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro, semente de linhaça e os suplementos.


3. COMPULSÃO A DOCES
O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo.
ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos..


4. CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA
O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio
ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja e água.


5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL
O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos
ONDE OBTER: coalhada, iogurte, missô, Yakult e similares.


6. MEMÓRIA RUIM
O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol.
ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos.


7. HIPOTIREOIDISMO (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE)
O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.


8. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS
O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno.
ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos.


9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR
O QUE ESTÁ FALTANDO: vitaminas A, C, E e ferro.
ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos.


10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS
O QUE ESTÁ FALTANDO: Ômega 3 e 6.
ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite.
Melhor qualidade de vida para todos nós! 

19 de mar de 2012

Mitos ou Verdades??? Alimento e Saúde










    
A sabedoria popular indica diversos alimentos para o tratamento ou prevenção de doenças, mas nem sempre o que é passado de boca a boca está correto.
"Esses mitos, de que certos alimentos curam alguma enfermidade surgem porque alguém comeu enquanto estava doente e depois saiu comentando que melhorou por causa daquele alimento", comenta Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE).
O UOL Ciência e Saúde ouviu especialistas para descobrir quais são os mitos e verdades relacionados aos poderes de alguns alimentos.


1º Ameixa Preta 
Para acabar com a prisão de ventre - VERDADE 

Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), explica que por ter maior concentração de fibras e ácidos orgânicos, a fruta estimula o intestino e melhora eventuais constipações. "As enzimas facilitam a expulsão das fezes porque aceleram os movimentos intestinais", completa Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE).

2º Abacate
Para tratar bronquite- MITO



O abacate tem muitas funcionalidades que podem ajudar no tratamento de doenças, mas não há evidências científicas de que ele participe no tratamento da bronquite. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE) recomenda, para quem sofre da doença, fazer um xarope de mel. "É só ferver mel, gengibre, abacaxi e agrião, pois esses alimentos são mucolíticos, desinflamam e quebram o muco", explica ela.


3º Acerola 
Para prevenir gripes - VERDADE
 
A acerola é a segunda maior fonte de vitamina C e aumenta a imunidade de quem a consome. "A presença da vitamina é importante, pois ela é parte fundamental do mecanismo de proteção do nosso corpo e previne muitas gripes e resfriados", exemplifica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE).

4º Suco de Batata Inglesa
Para curar úlcera - MITO
 
O suco de batata contém um fator antinutricional e não é recomendado por Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE). "Esse composto é prejudicial à saúde porque inibe a absorção de vitaminas e minerais, além de irritar a mucosa do intestino", conta ela. Quem sofre de úlcera também deve evitar verduras e frutas cruas com casca, frituras, refrigerantes, bebidas alcoólicas e leite de vaca. "O ideal é que a pessoa também não consuma nada muito quente nem muito gelado, pois a temperatura queima a mucosa do estômago", completa Vanderlí.

5º Ameixa Japonesa 
Para melhorar a artrite - VERDADE 
A fruta concentra substâncias anti-inflamatórias, como o ômega 3, que podem acarretar na melhora da artrite. 
"Não é um alimento que previne a doença, pois existem questões genéticas que determinam se a pessoa irá desenvolver essa patologia, mas por ter essas substâncias ela pode sim contribuir para uma melhora do paciente", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), que ainda destaca que, por mais que a fruta tenha boas propriedades, ela sozinha não é capaz de tratar ninguém Thinkstock.

6º Suco de Beterraba 
Para curar anemia - MITO
 
Por ser vermelho, muitas pessoas acreditam que o vegetal tem ferro e que por isso teria a capacidade de acabar com a anemia. Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), explica que o ferro contido no vegetal é pouco e que para que ele possa ser absorvido pelo organismo precisa estar aliado a outro alimento que contenha vitamina C. "O ideal para quem está com anemia é comer lentilha e feijão que tem maior quantidade de ferro", destaca Thinkstock.

7º Banana 
Acaba com câimbras - VERDADE
Rica em potássio e carboidrato, o consumo de banana ajuda a manter as contrações musculares equilibradas. "O alimento também tem magnésio, que relaxa a musculatura e precisa estar em equilíbrio com o cálcio, que contrai o músculo. Por isso, para não ter câimbra, também é preciso ter equilíbrio entre as concentrações de cálcio e magnésio", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

8º Caju 
Para curar frieiras - MITO
Não há comprovação científica de que a fruta ajuda a combater a doença e nenhuma dos especialistas ouvidos pelo UOL Ciência e Saúde relacionaria a cura da frieira com algum alimento específico

9º Berinjela 
Para diminuir o colesterol - VERDADE
Por ter alta concentração de fibras e presença de substâncias bioativas, como a antocianidinas, o consumo da berinjela é importante para quem quer diminuir os níveis de LDL, colesterol ruim, no sangue. "Por ter muitas fibras solúveis, ela carrega a gordura para o intestino, que a elimina com as fezes, dessa maneira ajuda a diminuir a absorção de colesterol e gordura", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas.

10º Cereja 
Para combater o reumatismo - MITO 
 
A associação entre a fruta e a doença não é comprovada cientificamente. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), dá a dica de outros alimentos que podem ajudar quem sofre da doença. "Por ser uma inflamação, o ideal é consumir elementos com ômega 3 elevado, como os grão de chia, a linhaça e peixes, principalmente a sardinha", conta ela que também indica o uso do gengibre como tempero nos alimentos para quem está com a doença

11º Cebola 
Para prevenir o câncer de mama - VERDADE 
 

Em pesquisa realizada na Faculdade de Medicina de Besançon, na França, 345 pacientes que foram diagnosticadas com câncer de mama realizaram um questionário sobre a frequência com que consumiam alguns alimentos, além de escrever um diário com tudo o que comeram por seis dias. A pesquisa revelou que os riscos de desenvolver a doença eram menores para quem consumia cebola. "O alimento tem substâncias bioflavanóides que atuam junto com a vitamina C e tem ação anti-oxidante, isto é, combate os radicais livres que envelhecem as células e previnem uma série de doenças", explica Madalena Vallinoti, diretora do Sindicato de Nutricionistas

12º Óleo de Abacate 
Para combater a caspa - MITO
 
De acordo com a nutricionista Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), a caspa é característica pela falta de zinco e o óleo de abacate não é uma fonte desse mineral. "Nesse caso, outros alimentos são indicados, como grãos integrais e frutos do mar", completa ela.




13º Cenoura 
Para bronzeamento - VERDADE 
Por conter betacaroteno, uma substância que a ajuda a sintetizar a melanina que dá a cor a nossa pele, comer cenoura ajuda no bronzeamento.. "Se uma pessoa consome regularmente o vegetal e depois de um tempo passa a tomar mais sol, a síntese aumenta e isso faz com que a pessoa consiga absorver os raios solares na pele. A cenoura também ajuda a fixar o bronzeado", destaca Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

14º Folhas de Manga 
Para curar a gengivite - MITO 

Não há comprovação científica de que o uso das folhas da fruta ajuda na cura da inflamação. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), destaca o chá verde como um possível alimento auxiliar para a doença. "Como a bebida é bactericida ela mata bactérias e reduz inflamações em geral. Dessa maneira a incidência da doença é menor em quem o consome", afirma ela.

15º Chá de cabelo de milho 
Para tratar o rim - VERDADE 
Por possuir um conjunto de fitoquímicos que estimulam a função renal, ele é diurético e bom para o rim. "Tomar duas xícaras desse chá por dia já faz a diferença para quem está com algum problema no órgão", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva

16º Leite 
Para eliminar veneno - MITO 

O consumo de leite após ingestão de alguns tipos de veneno poderia, inclusive, formar compostos tóxicos no organismo. De acordo com Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), o fígado seria o órgão mais afetado, pois é nele que ocorre o metabolismo de pesticidas e venenos. A nutricionista indica apenas o consumo de chá cardo mariano para ajudar na recuperação. "Não existe um alimento que sequestre o veneno do corpo depois de ingerido, mas esse chá ajuda a regenerar as células do fígado e melhora a desintoxicação do corpo", comenta ela

17º Chá de pata de vaca 
Para abaixar a glicemia - VERDADE 
De acordo com a Revista Eletrônica de Farmácias, a folha da planta Bauhinia forficata se mostrou eficiente como terapia complementar aos diabéticos em diversos estudos, pois abaixa a glicemia.. Seu uso é indicado especialmente para os diabéticos tipo 2, que não tomam insulina. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), adverte que o consumo do chá não deve ser consumido sem orientação especializada, pois em combinação com os remédios antidiabéticos e a insulina pode causar hipoglicemia.

18º Mamão 
Para a tratar gastrite - MITO
O mamão é rico em papaína, uma enzima digestiva que auxilia no processo, mas não cura a inflamação sozinha. "A polpa do mamão conta com essa enzima que digere melhor proteínas e gorduras e é indicado para quem tem sintomas de má digestão. O indicado é consumir uma fatia grande de mamão formosa ou meia unidade de papaia", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE). A nutricionista indica para gastrite o consumo de banana cozida, pois é um alimento que ajuda na recuperação da doença e é de fácil digestão.

19º Chá de boldo 
Para tratar o fígado - VERDADE 
Segundo pesquisa publicada na Revista Brasileira de Farmacognosia, o chá de boldo érapidamente absorvido, instala-se no fígado e ajuda a evitar o acúmulo de gordura. "Quem bebe frequentemente e em grandes quantidades acumula gordura no fígado e isso faz mal para o organismo", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP). A nutricionista, entretanto afirma que não adianta tomar muitas xícaras da bebida para curar a ressaca. "O ideal é tomar no máximo duas xícaras", ensina ela.

20º Laranja e limão 
Cortam a gripe - MITO 
Ainda que ambas as frutas sejam ricas em vitamina C, não é possível dizer que acabem com a gripe. "A gripe é virótica, não tem como usar a laranja ou o limão para matar esse vírus. O consumo periódico dessas frutas aumenta a imunidade pelo conjunto de vitaminas que elas têm, portanto só ajudam a prevenir futuras doenças", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE) Karime Xavier/Folhapress.

21º Leite fermentado
Para combater a diarreia - VERDADE 
 


O leite fermentado tem lactobacilos responsáveis por repovoar o intestino de microorganismos que fazem bem para o funcionamento da flora intestinal. "Quando se toma um antibiótico, por exemplo, ele não destrói só o microorganismo que causa a doença, ele também acaba com alguns que são bons, portanto o leite fermentado ajuda a manter esse equilíbrio", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP). Ela indica o uso contínuo da bebida, pois mantém a parede intestinal mais saudável.

22º Linhaça 
Para combater o reumatismo - VERDADE 
 


O alimento é fonte de ômega 3 e outras substâncias anti-inflamatórias muito importantes para combater a doença. Mas Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), acrescenta, "Não adianta o alimento ter todas as propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar no tratamento da doença se a pessoa não tiver alimentação e hábito.


23º Maçã e Goiaba 
Prendem o intestino - VERDADE 


As frutas reduzem o trânsito intestinal e retardam o esvaziamento do órgão. "Como elas tem fitoquímicos que retardam o esvaziamento intestinal são muito recomendadas em caso de diarreia. Mas elas não reduzem a formação de fezes, apenas tornam o movimento intestinal mais demorado", explica Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação

24º Maracujá 
Como calmante - VERDADE 
Os efeitos calmantes do consumo da polpa de maracujá ou chá, na forma de infusão de folhas, já são conhecidos pela ciência. Entretanto, o consumo deve ser moderado, sem doses exageradas, e não é indicado para quem tem pressão sanguínea baixa. Além de ser calmante, a fruta é diurética, rica em vitamina C e sua casca também pode ajudar no tratamento de outras doenças. "A casca pode ser seca e torrada para depois ser acrescentada na alimentação, pois as fibras ajudam a diminuir níveis de glicose e colesterol no sangue", explica Madalena Vallinoti, nutricionista do Personal Diet e diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP).

25º Tomate 
Para prevenir câncer próstata - VERDADE 
Alimentos ricos em caroteno, como o tomate (que possui licopeno), são associados a um risco menor de desenvolver câncer de próstata. Madalena Vallinoti, diretora do Sindicato de Nutricionistas (SINESP), destaca que como o caroteno é uma pró-vitamina A lipossolúvel (solúvel em gordura) deve ser consumido com uma fonte de gordura, como o azeite de oliva extra virgem, para melhorar a absorção do composto pelo corpo. Vanderlí Marchiori, nutricionista e secretária geral da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (ABNE), recomenda triturar o tomate orgânico, fervê-lo por dez minutos e beber 50 ml todos os dias. 


Fonte: UOL Ciência e Saúde