22 de set de 2014

Teste da Linguinha

É um exame simples e rápido  que assegura a saúde do seu bebê!
O teste da linguinha verifica se há alterações no frênulo lingual, ou freio lingual desde o nascimento.

 

O diagnóstico precoce evita possíveis problemas para amamentar, deglutir, mastigar e falar.
O freio lingual alterado gera dificuldades na sucção e deglutição, o que aumenta o gasto de energia para a amamentação e consequentemente reflete no ganho de peso do bebê.
No futuro, caso não seja identificada e corrigida, essa alteração pode provocar alterações no crescimento e desenvolvimento crânio facial, muscular e cognitivo da criança.
                   

Linguinha Normal 
Linguinha Alterada
O teste deve ser realizado nas primeiras 72h de vida até 30 dias no máximo.
Será avaliado clinicamente o tamanho do frênulo, analisada a forma como mama e a pega no seio materno.

Caso seja diagnosticado como ALTERADO, considera-se o grau apresentado e a necessidade de correção imediata, pois quando realizada em recém-nascidos esta é indolor e não sangra.
Quanto maior a criança, mais resistente e espesso se torna o freio.


PASSOU A SER LEI:

OU SEJA...
O Teste da Linguinha deve ser realizado ainda na maternidade!

Portanto, a
#OdontologiaPrénatal e #Odontologiaparabebes torna-se mais uma vez fundamental para assegurar o crescimento e desenvolvimento do seu pequeno!
Leve o seu baby ao odontopediatra na sua primeira semana de vida!

1 de ago de 2014

Semana Mundial de Aleitamento Materno

Essa Semana é todinha dedicada a Semana Mundial de Aleitamento Materno
De 01 a 07 de Agosto vamos incentivar!!!

Abaixo estão os objetivos da Semana...
Acrescentariamos os benefícios da Amamentação para o crescimento e Desenvolvimento Cranio facial!


Então #vemgente!!!!

Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) 

Em setembro de 2000, na Assembleia Geral das Nações Unidas, 191 Estados Membros, dentre os quais o Brasil, assinaram a “Declaração do Milênio”, com o compromisso de atingir até 2015, os “8 Objetivos do Desenvolvimento do Milênio” (ODM). 
A 'Declaração do Milénio' é um documento histórico para o novo século, que deu origem a uma série de objetivos de desenvolvimento concretos e mensuráveis conhecidos como Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). Saiba mais...
Para atingir os 8 objetivos, a ONU apresentou um conjunto de 18 metas, a serem monitoradas por 48 indicadores.
Objetivo 1 - Erradicar a extrema pobreza e a fome.

Meta 1 - Reduzir pela metade, entre 1990 e 2015, a proporção da população com renda inferior a 1 dólar PPC por dia.


Meta 2 - Reduzir pela metade, entre 1990 e 2015, a proporção da população que sofre de fome.
  
Objetivo 2 - Atingir o ensino básico universal.
Meta 3 - Garantir que, até 2015, as crianças de ambos os sexos concluam o ensino elementar.


 
Objetivo 3 - Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres.
Meta 4 - Eliminar a disparidade entre os sexos no ensino primário e secundário.


 
Objetivo 4 - Reduzir a mortalidade na infância.
Meta 5 - Reduzir em 2/3, até 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos.

Objetivo 5 - Melhorar a saúde materna.
Meta 6 - Reduzir em 3/4, até 2015, a taxa de mortalidade materna.


 
Objetivo 6 - Combater o HIV/Aids, a Malária e outras doenças.
Meta 7 - Até 2015, ter detido e começado a reverter a propagação do HIV/Aids.
Meta 8 - Até 2015, ter detido e começado a reverter a propagação da Malária e outras doenças.
Objetivo 7 - Garantir a sustentabilidade ambiental.
Meta 9 - Integrar os princípios de desenvolvimento sustentável nas políticas e programas nacionais e reverter a perda de recursos ambientais.
Meta 10 - Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população sem acesso permanente e sustentável à água potável e esgotamento sanitário.
Meta 11 - Até 2020, ter alcançado uma melhora significativa na vida de pelo menos 100 milhões de habitantes de assentamentos precários.

Objetivo 8 - Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.
Meta 12 - Avançar no desenvolvimento de um sistema comercial e financeiro aberto, baseado em regras, previsível e não discriminatório.
Meta 13 - Atender as necessidades dos países menos desenvolvidos, incluindo um regime isento de direitos e não sujeito a cotas para as exportações dos países menos desenvolvidos; um programa reforçado de redução da dívida dos países pobres muito endividados e anulação da dívida bilateral oficial; e uma ajuda pública para o desenvolvimento mais generosa aos países empenhados na luta contra a pobreza.
Meta 14 - Atender às necessidades especiais dos países sem acesso ao mar e dos pequenos Estados insulares em desenvolvimento.
Meta 15 - Tratar Globalmente o Problema da Dívida dos Países em Desenvolvimento, Mediante Medidas Nacionais e Internacionais de Modo a Tornar a Sua Dívida Sustentável.
Meta 16 - Em Cooperação com os Países em Desenvolvimento, Formular e Executar Estratégias que Permitam que os Jovens Obtenham um Trabalho Digno e Produtivo.
Meta 17- Em Cooperação com as Empresas Farmacêuticas, Proporcionar o
Acesso a Medicamentos Essenciais a Preços Acessíveis, nos Países em Vias de Desenvolvimento.
Meta 18 - Em Cooperação com o Setor Privado, Tornar Acessíveis os Benefícios das Novas Tecnologias, em Especial das Tecnologias de Informação e de Comunicações.

20 de jul de 2014

Pasta de Dente com ou Sem flúor para o seu bebe???

Nasceu o primeiro dentinho do seu bebê. 
E agora, a pasta de dente deve ser com flúor ou sem???

Até alguns anos atrás, os dentistas recomendavam as pastas sem fluor para crianças menores de 5 anos! 
E só a partir desta idade haveria a indi
cação da "pasta com fluor", ainda assim com determinadas restrições! Desde 2008, pesquisas baseadas em Evidencias Cientificas comprovaram que se a pasta de dente fluoretada for administrada em quantidades pequenas (dose ideal) e a escovação em crianças menores de 5 anos for realizada por um adulto, MESMO QUE A CRIANÇA NAO SAIBA CUSPIR, a sua ingestão não causará fluorose ou complicações e intoxicações gástricas, pois a quantidade de flúor ingerida não é suficiente para chegar ao nível de risco (esse estudo foi publicado pela American Dental Association- ADA).

Os benefícios do flúor em contato com o dentinho desde o seu nascimento envolve principalmente a prevenção de cárie precoce, pois o contato do flúor com o esmalte o torna mais resistente a ações bacterianas.

Portanto, Mamães, nasceu o primeiro dentinho, vamos usar a pasta de dente COM FLUOR (na concentração de 1000 PPMs)
 No Brasil a concentração minima é de 1100 PPMs- pode ser essa tb!

A quantidade da pasta de dente deve ser de:
 Até 2 anos--> meio grão de arroz cru;
 de 2 a 4 anos--> um grão de arroz cru;
 a partir de 4 anos--> um grão de ervilha.

✅ Preste atenção: a concentração de flúor é indicada atrás da embalagem da pasta de dente!

✅ Não se guie mais pela indicação da idade no rotulo!

✅ Ensine o seu bebê a cuspir desde o nascimento do primeiro dentinho. Quanto menos pasta de dente engolir melhor!!!

#dicadadentes 1: Você escova o dentinho do filhote com a pasta de dente com flúor, e depois deixa que ele escove o próprio dente com a escova molhada apenas, ou ainda com a pasta sem flúor! Deixe que ele tenha o estimulo de aprender a escovar tb!

Outra #dicadadentes 2:  Muito legal é que vc escove o dentinho dele e depois ele escove o seu! 

#dicadadentes 3:  A melhor maneira de saber qual o tipo de pasta será melhor para o seu filhote é levando-o ao #Odontontopdiatra! Ele irá esclarecer todas as suas dúvidas! 

29 de jun de 2014

Cada dente tem sua função!!!!

Você sabia que cada dente tem uma função especifica para a Mastigação???
😋Pois é, para mastigar EFETIVAMENTE cada grupo de dentes exerce uma função de acordo com a posição na arcada...

▶️ Incisivos--> Cortam os alimentos;
▶️ Caninos --> R
asgam;
▶️ Pré-Molares (só existem na dentição permanente)--> Amassam;
▶️ Molares--> Trituram

A Mastigação é muito importante para o desenvolvimento e crescimento da face.
Os dentinhos começam a nascer na mesma época em que o bebê começa a ter autonomia, isto é quando aprende a sentar-se.
Esta é a fase para introduzir alimentos com consistências diferentes, exatamente para os dentinhos exercerem suas diversas funções, tanto na mastigação quanto fonação, manutenção de espaço, guia para os permanentes e para proporcionar um desenvolvimento e crescimento ideais da face! 

15 de jun de 2014

Mamadeira a noite



A maioria dos bebês, após o sexto mês, tomam "mamadeira" antes de dormir, isso é bom ou não???

As #DicasdaDentes são:

1. Não adoçar o leite, a criança não conhece o sabor do açúcar, portanto não sentirá falta;

2. Não complementar com engrossantes, como amido de milho;

3. Higienizar a boquinha do bebê após a mamada.
Pode ser com a Fraldinha úmida ou com a gaze úmida caso ainda não tenha dentinhos!
Se já tiver dentinhos irrompidos, precisa escová-los!
Atenção: Durante a noite, enquanto a criança dorme, a produção da saliva diminui e o leite ingerindo acaba ficando muito tempo na superfície bucal aumentando a reprodução bacteriana.
Com tantas bactérias, o meio bucal torna-se mais acido, o que favorece o aparecimento da carie precocemente.
Portanto, nada de "ficar com pena" de limpar o dentinho após a mamada porque o baby pegou no sono... Limpe assim mesmo!
Melhor limpar e manter a saúde, do que ver seu (sua) filhote (filhota) com dor de dente com apenas 1 aninho, certo?!

4. Elimine a mamadeira durante a madrugada de preferencia antes do primeiro dentinho nascer!
#dica TOP: Vá diminuindo gradativamente a quantidade de leite proporcionalmente a agua, após uns 15 dias vc estará oferecendo apenas agua. A criança, assim não mais aceitará a mamadeira!

Cárie de acometimento precoce dói muito e seu bebê pode ter muitas complicações de saúde por causa dela!

4 de jun de 2014

Dermatite ATÓPICA

Doença inflamatória e crônica da pele caracterizada por lesões avermelhadas que causam coceira.
A afecção, muitas vezes, é observada em pessoas com história de alergia respiratória.
Costuma acometer crianças ao redor do terceiro mês de vida.
Normalmente desaparece antes da adolescência em cerca de 60% a 80% dos casos.

O que pode provocar, ou desencadear a Dermatite:
* Alimentos: ovos, leite, trigo, soja, peixe, amendoim;
* alérgenos aéreos: exposição aos ácaros da poeira domiciliar;
* contato da pele com certas bactérias ou fungos;
* dermatite de contato: níquel e outros metais, derivados da borracha, conservantes, amaciantes, detergentes, produtos de limpeza, roupas de lã e tecidos sintéticos;
* frio intenso e ambientes secos;
* calor e transpiração;
* estresse emocional.

Sinais e Sintomas:
* coceira intensa;
* bolhas (formação de vesículas) com supuração e formação de crostas;
* vermelhidão ou inflamação da pele ao redor das bolhas;
* erupção cutânea em crianças menores de 2 anos;
* lesões cutâneas que começam nas bochechas dos bebês;
* áreas da pele secas e curtidas (liquenificação);
* maior ou menor pigmentação da pele em relação ao tom normal da pele;
* podem se disseminar para o pescoço, mãos, pés, pálpebras ou atrás da patela;
* secreção ou sangramento do ouvido;

Se observar seu filhote com esses sintomas procure seu Odontopediatra! Ele junto ao Dermatologista irão decidir protocolos e instruções com o objetivo de cessar e minimizar as lesões!  

#vemgente #dicadadentes #dentesecompanhia #dermatite atopica

30 de mai de 2014

O dente de leite do seu filhote não caiu e o permanente está nascendo????

O que fazer????
Você precisa leva-lo ao Odontopediatra IMEDIATAMENTE! 

Ele ira diagnosticar uma possível retenção prolongada por anquilose, ou apenas #medo de tirar o dentinho... 
E promoverá o tratamento necessário! 
Normalmente a exodontia do dente de leite deve ser realizada o quanto antes, assim, se houver espaço o permanente pode retornar a sua posição ideal mais facilmente, evitando maloclusoes!

17 de mai de 2014

Mordedores! Saiba qual o mais adequado para a idade do seu bebe!

Os Pais ficam bem ansiosos para o nascimento dos primeiros dentinhos dos pequenos!
No entanto, durante esta fase, alguns bebês ficam bastante irritadiços, choram, dormem e comem mal!
As gengivas ficam vermelhas, doloridas... Eles babam muito, e a vontade de morder 24h por dia é incontrolável!
A #DicadaDentes para a fase de nascimento de dentinhos é lançar mão dos mordedores!
Eles possuem o formato ideal para massagear as gengivas sem machucar e foram pensados para aliviar a coceira e incomodo provocados nessa fase.
Existem milhares deles, para diferentes idades, de todos os tamanhos e tipos...
Aqui indicaremos os que mais amamos de acordo com cada fase de desenvolvimento!

O MELHOR mordedor é o que o seu bebê vai simpatizar melhor!
Ofereça apenas os átoxicos, livres de Bpa (Bisfenol A - causa danos a saúde),  que podem ser esterilizados, e de preferencia sem o líquido no interior porque podem furar e o bebê engolir o líquido! 
Para o bebê amar o mordedor é importante que você ofereça-o na fase certa, assim ele sentirá prazer verdadeiramente ao aliviar o seu incomodo!

PARA A FASE EM QUE AINDA NÃO POSSUEM COORDENAÇÃO PARA SEGURAR:
Estes tem forma de "chupeta", massageiam suavemente a gengiva e são para deixar as mãos do bebê livre, permitindo brincar enquanto aliviam a tensão causada pela coceira, e são de materiais esterilizáveis.
Existem os em forma de "chupeta" que alcançam toda a arcada dentária, atenuando os sintomas do nascimento dos dentes posteriores!
#DicadaDentes: Deixe o mordedor na geladeira por um tempo e ofereça-o bem geladinho para seu bebê!
O gelo anestesia a gengiva, dando a sensação de alívio!
Recomendamos para a fase que não se consegue segurar e também para os maiores, pois permitem brincar com as mãos!

     



Como veem existem muitos tipos, e são acessíveis!
Dá para experimentar alguns caso o seu bebê não se adapte!

PARA A FASE QUE GOSTAM DE PEGAR, APERTAR, PUXAR, MORDER... TUDO AO MESMO TEMPO:
Essa fase acontece por volta dos 7 meses e se estende ate 1 ano e 11 meses, mais ou menos!
As crianças estão descobrindo que podem segurar, estão descobrindo a textura das coisas e paralelamente se encontram na fase oral.
Precisamos estimulá-los com objetos leves, macios, coloridos, suaves ao tato. Precisam ser laváveis, pois certamente irão colocar na boca!

Os chocalhos se encaixam bem ate o 9 mês, ofereça-os gelados também!
 

 

Os mordedores em forma de bichinhos são bem aceitos a partir do 10 mês!
Certifique-se de que estão numa temperatura mais fria ou ate gelada no momento em que estiver mais ansioso e incomodado!
Esse mordedor/brinquedo provavelmente sera sua companhia rotineira!

 
 

  

A partir do primeiro ano, o bebe ja esta criando uma certa independência e precisam ser estimulados com essa intenção. Como possuem uma coordenação mais especifica, pode-se oferecer brinquedos com funções educativas e que não ofereçam perigo ao ser colocados na boca. 
 



Nessa fase também indicamos os ALIMENTADORES COMO MORDEDORES.
A #dicadadentes com os alimentadores é fazer um super picolé de suco de frutas na redinha do alimetador, colocando no freezer. Após endurecer ofereça-o ao bebê! 
Ele vai amar!

Caso o seu filhote não se adapte aos mordedores, não se desespere, converse com o Odontopediatra para lhe passar dicas de como aliviar o incomodo dessa fase! Ele vai orientar para que a sua rotina seja tranquila e saudável sem estresses!

28 de abr de 2014

Alimentadores para Bebês

É um objeto relativemente "novo" no mundo dos nossos filhotes!
A maioria das Nutricionistas e Dentistas NÃO RECOMENDAM O SEU USO!
No entanto, me deparei com uma situação em que achei muito válido, e detalhe, comecei a enxergá-lo com outros olhos!
Calma, continuo sendo contra a sua utilização como sugerem os fabricantes, mas como mordedor para aliviar a dor e incomodo do nascimento dos primeiros dentinhos, ele é um espetáculo!


Vou explicar!
Crianças, em fase de introdução da alimentação complementar, tem aversão a sabores e a textura.
Por isso, o correto é começar oferecendo o alimento em pedaços, para que a criança se adapte e conheça a textura associando ao sabor desde o inicio da sua alimentação!
A maioria das nutricionistas recomendam pedaços de verdade, e nós, ODONTOPEDIATRAS, AMAMOS, por exemplo, os floretes de brócolis dá para a criança pegar com a mão e testar todos os sentidos na experimentação do alimento, e alem disso, trabalhará os músculos faciais promovendo estímulos para crescimento e desenvolvimento das arcadas e de toda a face!
"- A literatura sugere que, caso os alimentos sólidos, que requerem mastigação, não sejam introduzidos entre os seis-sete meses, as crianças tenderão a resistir a aceitá-los posteriormente .
- A não evolução da aceitação de diferentes consistências e texturas pode contribuir para a manutenção de padrões orais imaturos, na medida em que não oferece experiências sensório-motoras para a adaptação a novos padrões de sucção, mastigação e deglutição.
- Crianças que "não comem" tem, estatísticamente a preferência marcante por líquidos, que são de mais fácil aceitação, incluindo leite e derivados, sucos, alimentos liquefeitos e papas." (Via http://nutricionistainfantil.blogspot.com.br/2013/03/alimentador-nao-obrigada-meu-bebe-nao.html?m=1)

Portanto, não recomendamos os alimentadores!
Mas, recomendamos os alimentadores COMO MORDEDORES para os bebês que já tem coordenação para segurar objetos com as mãos!

MODO DE USO: Coloque o alimentador na geladeira e quando estiver bem geladinho ofereça-o para o bebe! Se quiser colocar uma fruta pode! Estimulara o bebe a colocar na boquinha!!!

ATENÇÃO:
O Alimentador pode ser útil para as crianças que tem dificuldade de se alimentar!
Cada bebê se adapta a um determinado objeto, portanto consulte seu Odontopediatra para que ele te oriente!
#vemgente #dicadadentes #dentesecompanhia #alimentadores

16 de abr de 2014

Seu filho caiu e bateu a boca??? Socorro minha Dentista!

Pois é, criança é sempre uma alegria, uma festa, um aprendizado a cada dia. E para ser tudo isso precisa explorar!
Acidentes envolvendo a boca são muito comuns entre os filhotes na fase das descobertas!
E o desespero é evidente!
Afinal uma região tão vascularizada como a cabeça, qualquer pancadinha ou pancadona SANGRAAAAA muitoooooo, do supercílio ao queixo, e assusta!!!!
Quando as estripulias envolvem a boca, machuca demais!
Os dentes laceram a mucosa bucal quando acontece o choque da pancada e muitas vezes acabam "quebrando", "rachando", "entrando para a gengiva", "saindo da boca"... Aí o desespero da criança pela queda, pela dor; e dos adultos pela cena do filho machucado e pela suposição quanto à gravidade só cresce a cada segundo!


ALERTA MÁXIMO

Entre 1 e 3 anos de idade as crianças estão aprendendo a andar, a capacidade motora está em desenvolvimento e a noção de perigo não existe. Assim, as crianças enfrentam os desafios sem noção do que pode acontecer e tornam-se mais susceptíveis aos acidentes como: quedas ao tentar levantar, quedas de escadas, batidas em quinas de mesa e portas, quedas de brinquedos, escorregadores, entre outros.

Já as crianças de 7 aos 14 anos estão na fase do esporte, da diversão, brincadeiras com skates, patins, bicicletas, piscina e bola são bem comuns,  por isso nesta etapa os traumatismos bucais são mais frequentes. 


"O traumatismo em dentes decíduos ou permanentes é uma situação de URGÊNCIA especial, tanto pelo problema dentário em si, como pela repercussão emocional dos envolvidos ." (GUEDES PINTO, A.C.)






Imediatamente após o traumatismo...O que se pode fazer de VERDADE em cada situação???

* Após ter seguido o Basic Life Suport - BLS  e a criança estiver fora de risco eminente.


1. Controle a situação 
Essa etapa deve durar menos de 20 segundos.
Você deve agir com a maior rapidez possível. Quanto mais rápido chegar ao dentista, melhor será o prognóstico final.

Após o susto inicial e o controle emocional dentro do possível, você terá a tarefa mais difícil, controlar o seu filhote ou a criança a qual está responsável!
Como vê, precisa de um equilíbrio diante de uma situação de Urgência.
E para isso precisa saber o que é preciso fazer!


2. Observar Sinais e Sintomas Imediatos
O passo seguinte não deve ultrapassar 5 min. 
Como foi dito, numa situação como esta tudo tem que transcorrer muito rapidamente. Portanto, NUNCA perca o CONTROLE.

3. Cuidados Importantes
Essa etapa é mais minuciosa, a criança já não corre perigo eminente, você já limpou e cuidou RAPIDAMENTE de hemorragias e ferimentos. Já supõe a gravidade do acidente e agora precisa agir corretamente para o melhor prognóstico possível.

  1. Note se há dentes quebrados ou falta de dentes,  se sim, localize o fragmento e/ou o dente o mais rápido possível.
  2. Caso ache-o segure apenas pela coroa do dente, não toque na raiz.
  3. Limpe-o com jatos de soro ou leite delicamente, não esfregue, ou escove, não use sabão, ou qualquer detergente.
  4. Caso ache o dente PERMANENTE e ele esteja inteiro, (com a raiz completa, sem fratura) e após a rápida limpeza com o soro ou o leite, reimplante-o imediatamente no alvéolo dentário, observando a posição correta (lado da frente e de trás da boca). Após faça a criança morder levemente um pano ou um algodão.
  5. Em caso de fragmento armazene-o num recipiente com leite (1 opcao) ou soro (2 opcao) e vá imediatamente ao dentista. O dentista pode optar por colar o fragmento, proporcionando uma estética mais favorável!
  6. Se não houver leite ou soro disponível, coloque o dente na boca, junto a bochecha (tomando cuidado para não ser engolido). Pode ser colocado na boca dos pais, em caso de crianças que corram risco de deglutir o dente. 
  7. Em ate 20 minutos...
  8. ... Corra ao dentista. Não dê alimentos, chupetas, mamadeira até que seja atendida pelo Odontopediatra.

Caso não tenha segurança para colocar o dente no local...
  • Coloque o dente num recipiente com leite preferencialmente, ou soro. 
  • Se não houver essas substancias, coloque o dente na boca da criança ao lado da bochecha ou embaixo da língua.
  • Se existir a possibilidade de engolir o fragmento, a MÃE ou outro familiar pode executar esta tarefa.

ATENÇÃO:
Não tente reposicionar o dente decíduo!
O dente decíduo pode afetar o germe do dente permanente.
O insucesso relacionado ao reimplante de dentes decíduos pode comprometer o sucessor permanente.* 
EXATAMENTE por isso, não devemos reposiciona-lo.
 *Fonte: Odontopediatria, GUEDES PINTO, A. C., ed.SAntos, 7ºedição,São Paulo- SP


4. Va ao Odontopediatra o MAIS RAPIDO POSSÍVEL
A urgência esta relacionada ao seu filho. ACALME-O e siga para prestar o melhor atendimento possível.
  1. Vá para o ODONTOPEDIATRA IMEDIATAMENTE para que aja o tratamento imediato mais adequado.
  2. Conte exatamente o que aconteceu, como, onde e quando ocorreu o acidente.
  3. Colabore apoiando e dando atenção a criança e ao dentista. Seu nervosismo só vai provocar mais tensão à criança, comprometendo o atendimento de Urgência.
  4. Siga as recomendações do odontopediatra.
  5. Retorne para a consulta de acompanhamento como prescrito.


As conseqüências dos Traumatismos Bucais dependerão da intensidade do trauma, do tempo decorrido ate o atendimento e da idade do paciente! 


Possíveis conseqüências de Traumatismos Bucais:
* Dor e sensibilidade durante a mastigação e fala;
* Alteração da cor do dente;




* Mobilidade dentaria, Deslocamento dental;

 




* Fratura do dente;

* Luxações (incluindo a avulsao);

 


* Fraturas do processo alveolar (mais grave)







Reforçando... a tranquilidade do seu filho depende da segurança que você passa! Tente manter a calma para conseguir ajuda-lo! 

E corra para seu Odontopediatra!