21 de jan de 2013

Vamos andar naturalmente!

Os pediatras estão em Campanha Nacional para proibirem a venda/ utilização de andores de bebês.

E nós, como odontopediatras, aderimos à CAMPANHA!
Nossos bebês precisam ser estimulados, claro! Mas um estímulo que não os coloquem em risco.
Muitos traumas de boca em bebês é devido a quedas de andadores. E esses traumas afetam a dentição decídua, lábios, músculos faciais, até fratura de crânio.

Os pediatras afirmam que o andador é inútil, não contribui em nada para o desenvolvimento da marcha, ao contrario atrapalha. O uso de andadores pode deixar de estimular alguns músculos, atrasando os primeiros passos.



"Os dados que norteiam as ações da SBP são da Academia Americana de Pediatria que apontam dez atendimentos nos serviços de emergência para cada mil crianças com menos de um ano de idade, provocados por acidentes com andador, todos os anos.
Em um terço dos casos, as lesões são graves, geralmente fraturas ou traumas."

Há 15 dias, em Jequié (BA), um bebê de nove meses caiu com um andador de uma escada com cerca de dez degraus. Ele morreu antes mesmo de chegar ao hospital devido a uma fratura cervical.
"O intuito é acabar com a recomendação do uso do andador. Acabar com a fabricação, só o Canadá conseguiu. O médico é uma autoridade de saúde dentro da família e pode conscientizar sobre esse utensílio que não tem vantagem nenhuma e leva risco para dentro de casa", disse o pediatra Danilo Blank, do Departamento Científico da SBP.



Normalmente recomendamos uma série de ações visando a proteção do bebê, entre elas incluímos a Não Utilização de andadores. 



Outras medidas preventivas para para reduzir, ou até mesmo eliminar, a prevalência 
dos traumas dentários:
  • Uso de cadeirinhas, cintos e assentos de segurança nos automóveis;
  • Proteja as escadas com portões e grades restringindo o acesso pelo bebê;
  • Na prática de esportes de risco, não esquecer dos equipamentos de proteção, como protetores bucais, joelheiras, capacete, cotoveleiras, etc.
  • Sempre ter um adulto com as crianças em piscinas;
  • Sempre ter um adulto em passeios de bicicleta, skate, além dos equipamentos de proteção;
  • Evite situações de risco, como uso de andadores para bebes.
  • Evite brincadeiras com objetos perigosos.
Proteja seu bebê, previna acidentes! Vamos andar Naturalmente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário